Grande Dia! 👍🏻🇧🇷

Aos desinformados, altas na Bolsa significam que os participantes do mercado de ações esperam lucros maiores para as empresas. Trata-se de uma medida da expectativa dos agentes.

Expectativas podem estar erradas, mas não são inúteis. O cidadão comum, que não tem ações na bolsa de valores, pode se beneficiar diretamente das altas na Bolsa.

Uma empresa que espera lucrar mais pode acelerar seus planos de investimentos. Assim, a contratação de novos trabalhadores torna-se mais provável, assim como a aquisição de novas tecnologias que aproximem o Brasil da fronteira mundial.

Além disso, caso as expectativas se concretizem, elas efetivamente podem significar melhores empregos, maior lucro para as empresas menores que são fornecedoras das que estão listadas em bolsa, dentre outras dinâmicas positivas para todo e qualquer brasileiro.

A alta também pode refletir a expectativa por uma melhoria geral no país, maior crescimento e controle das contas públicas, dentre outros fenômenos que beneficiam a todos.

Mais de 100 mil contribuintes já entregaram a declaração do Imposto de Renda (IR) no Pará até a tarde desta segunda-feira (18), de acordo com a Receita Federal. Segundo o órgão, a expectativa é que mais de 576 mil declarações sejam entregues no estado até o final do prazo, no dia 30 de abril.

A Receita faz um alerta para quem ainda não declarou. A partir deste ano, o Receitanet, programa de envio da declaração, passou a ser incorporado ao programa do IR. A Receita informa também que o serviço de recepção de declaração não funciona no período entre 1h e 5h (horário de Brasília).

Foi encontrada na manhã desta segunda-feira 18 de Março, pela Polícia Militar de Rio Maria, após denúncia de populares, uma caminhonete HILUX cor Branca placa QEV 2298 de Marabá.

A Polícia acredita que a caminhonete foi utilizada na fuga do bando que que assaltou a agência do Banco Bradesco de Rio Maria na segunda-feira 18.

Segundo a Polícia, a caminhonete estava abandonada as margens de uma estrada vicinal na proximidades da Vila Betel, no município de Rio Maria.

De acordo a Policia Militar de Rio Maria, um dos bandidos se feriu devido a um acidente ocorrido com a caminhonete que transportava os acusados. O motorista perdeu o controle do veículo e caído em uma ponte, onde foi abandonado.

Segundo acordo com a Polícia, o veículo foi tomado de assalto no último sábado dia 16 de Março, na BR-155 a localidade Posto 70 no município de Xinguara. (Luiz Pereira)

O vice-presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Luiz Fux, disse hoje (18) que não há nenhuma crise institucional entre o Ministério Público e o STF. “MP e STF sempre se relacionaram e isso continuará”, disse FUX, antes de evento na Fundação Getulio Vargas (FGV).

Sobre a questão do Caixa 2, segundo ele, o destino da ação penal, se irá para a Justiça Federal ou Eleitoral, continua sendo prerrogativa do MP.

“No momento da denúncia, o Ministério Público termina de enquadrar as condutas [criminosas]. É nesse momento que você verifica para que Justiça vai. Se oferecer a denúncia por crime eleitoral vai para a Justiça Eleitoral. Se for por crime federal vai para a Justiça Federal. O Caixa 2, por exemplo, depende da origem do dinheiro. Se você aplica na Justiça Eleitoral um dinheiro ilícito, você está lavando dinheiro”, disse Fux.

Um grupo de criminosos assaltou na madrugada desta segunda-feira (18) uma agência do Bradesco em Rio Maria, sudeste do Pará. De acordo com a polícia, a ação criminosa começou por volta de 2h20 da madrugada e durou cerca de uma hora.

Eles atiraram contra a delegacia para intimidar os policiais e explodiram parte da agência. Ainda não há informações sobre a quantia que teria sido roubada. A polícia investiga o caso.

Sem unidade dos Bombeiros na cidade, o dono de um caminhão-pipa socorreu moradores na madrugada deste domingo (17), para apagar o fogo que consumia uma casa, assim evitando que o sinistro se alastrasse para outras residências.

O incêndio ocorreu em uma casa no setor Vila da Paz, em Tucumã, e não houve vítimas, somente danos materiais. (Com informações de Renildo Ferreira)

Um feto foi encontrado dentro de uma sacola em um lixão na zona rural de Conceição do Araguaia, município da região sul do Pará. O fato chegou às autoridades através de denúncia anônima.

De acordo com a Polícia Militar, o embrião aparentava cerca de sete meses e já estava bem formado.

“Não há informações da mãe. Os trabalhadores do lixão, que trabalham com a reciclagem de material, foi quem encontraram”, informou a atendente da PM.

A Polícia Civil também esteve no local para fazer o levantamento do caso e o feto foi encaminhado para uma funerária para que fosse providenciado o sepultamento./DOL

Um professor de violino da Escola de Música de Brasília (EMB) invadiu a sede da Secretaria de Educação, no Setor Bancário Norte, nesta sexta-feira (15/3). Ele estava armado com uma faca e uma besta (espécie de arco e flecha), mesmo equipamento utilizado pelos atiradores do massacre da Escola Estadual Raul Brasil, em Suzano (SP). Além disso, ele tinha cinco setas dentro da mochila.

O homem subiu até o 12º andar do prédio, localizado no Bloco C da Quadra 2, no Setor Bancário Norte. No pavimento, funciona o gabinete do secretário de Educação, Rafael Parente. O chefe da pasta não estava no momento, pois tinha ido ao Palácio do Buriti para se reunir com o vice-governador do DF, Paco Britto.

Funcionários que trabalham na Sede 1 perceberam o cabo da besta para fora da mochila e acionaram a Polícia Militar. Segundo fontes da Secretaria de Educação, o homem tem histórico de distúrbio psiquiátrico, estava em licença médica e em tratamento. Por / Metrópoles.

A Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh), por meio da Diretoria de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon), vai divulgar nesta sexta-feira (15), às 09 h, o ranking das empresas que provocaram o maior número de reclamações dos clientes em 2018.

A divulgação da lista, na sede do Procon, marca o início da programação alusiva ao Dia Mundial do Consumidor – 15 de Março. O ranking é uma ferramenta para o consumidor conhecer as empresas e os segmentos que receberam o maior número de reclamações no Estado no ano passado, e ao mesmo tempo saber quais trabalharam dentro da legislação, informou o diretor do Procon, Nadilson Neves.

Um aluno foi esfaqueado na tarde de quarta-feira (13) dentro da Escola Estadual Doutor Geraldo Veloso, no bairro Cidade Nova, em Marabá, sudeste do Pará.

De acordo com a Polícia Militar, a agressão aconteceu após um desentendimento entre dois alunos do nono ano da escola. A vítima da agressão levou facadas nas costas e no braço. Ela foi encaminhada para o hospital municipal de Marabá.

Depois de receber alta médica, a vítima e o agressor foram conduzidos juntamente com os seus pais para a delegacia da cidade, onde o caso foi registrado. G1/PA

Entre as agendas cumpridas em Brasília, nesta semana o governador do Estado, Helder Barbalho, esteve reunido com o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, para tratar da situação de diversas estradas do Pará e outras obras importantes para o Estado. Na ocasião, o ministro informou ao chefe do Executivo estadual que, em breve, será assinada a ordem de serviço para a duplicação da BR-316, no trecho que vai de Castanhal até a divisa com o Maranhão.

Segundo Freitas, também estão previstos investimentos para a manutenção da BR-155 e para a reconstrução de pontes na BR-158. Ambas as vias cortam municípios do sul e sudeste paraense. Outro ponto abordado foi o resgate do navio Haidar, que afundou, no porto de Vila de Conde, em Barcarena, com cinco mil bois vivos, em 2015. O ministro comunicou que o contrato para a retirada da embarcação do fundo do rio Pará será autorizado em breve.

O representante do governo federal também ressaltou a importância da obra do derrocamento do Pedral do Lourenço, para a qual Helder Barbalho liberou recursos quando esteve à frente do Ministério da Integração Nacional. “O ministério tem trabalhado junto ao Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) para que as licenças ambientais sejam liberadas e possamos dar prosseguimento ao empreendimento”, frisou.

As autoridades ainda discutiram sobre a situação dos aeródromos que estão dentro do Programa de Aviação Regional e a continuidade da definição do melhor traçado ferroviário entre a ferrovia Norte-Sul e o município de Barcarena.

A formanda Cleyce Anambé é a primeira mulher indígena a concluir o curso de direito da Universidade Federal do Pará (UFPA). Na quarta-feira (13), ela defendeu o Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) sobre a violação dos direitos humanos indígenas no período da ditadura militar no Brasil.

“Foi uma vitória, depois de tantas dificuldades enfrentadas durante a graduação, finalmente, consegui”, comentou.

O povo Anambé, segundo Cleyce, vive às margens do rio Cairari, nas proximidades da vila Elim, zona rural de Moju, no nordeste do Pará. Cleyce contou que ingressou na universidade pública pelo Processo Seletivo Especial (PSE), em 2013, e saiu de Moju para viver em Belém, distante cerca de 125 quilômetros dos parentes indígenas. (G1/PA)

Também acho que o assassinato de Marielle Franco é grave e demanda respostas.

Mas…

Pela cobertura da mídia poderia jurar que mataram um presidente, não uma vereadora.

Outros vereadores foram assassinados no Brasil e não houve tamanha repercussão.

O que é que há?

É somente uma pergunta.

Por Robson Pires

Fachada da Escola Estadual Prof. Raul Brasil, em Suzano (SP) Google Street View

A Polícia Militar informou há pouco que sibiu para dez o número de mortos em decorrência do tiroteio na Escola Estadual Raul Brasil, em Suzano, a 57 quilômetros de São Paulo. Mais 17 pessoas ficaram feridas.

Segundo informações da Polícia Militar, dois adolescentes armados e encapuzados invadiram o colégio e disparam contra os alunos.

Até o momento, a PM registrou a morte de cinco alunos, um funcionário do colégio, uma pessoa que passava pela rua no momento dos disparos, além dos dois autores dos diparos. Morreu ainda uma vítima levada para hospital. Informações preliminares indicam que eles se suicidaram.

O governador de São Paulo, João Doria, está no colégio acompanhando as investigações.

Por Agência Brasil

O prêmio principal da Mega-Sena poderá pagar nesta quarta-feira (13) R$ 7 milhões a quem acertar as seis dezenas do concurso 2.133, que será realizado a partir das 20h (horário de Brasília) no Caminhão da Sorte estacionado na cidade de Itupeva, em São Paulo.

Segundo a Caixa, o valor do prêmio principal, caso aplicado na poupança, poderia render R$ 26 mil por mês.

Os apostadores podem fazer os seus jogos até as 19h (horário de Brasília), em qualquer uma das mais de 13 mil casas lotéricas credenciadas pela Caixa em todo o país. A aposta simples, com seis dezenas, custa R$ 3,50. As informações são da Agência Brasil.

O Ministério da Justiça e Segurança Pública autorizou, em portaria publicada no Diário Oficial da União desta terça-feira (12), a permanência – por mais 180 dias – da Força Nacional de Segurança Pública no município de São Félix do Xingu (PA). Em apoio ao Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, o efetivo vai reforçar as ações de segurança pública e o processo de retirada de ocupantes não indígenas da Terra Indígena Apyterewa.

A prorrogação do período de atuação da Força Nacional na região foi solicitada pela Fundação Nacional do Índio (Funai), órgão vinculado ao Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos.

A Terra Indígena Apyterewa é território tradicional do povo Parakanã, homologado por decreto presidencial em 19 de abril de 2007 e integra o complexo de terras indígenas afetadas pela Usina Hidrelétrica de Belo Monte. A regularização fundiária, incluindo a retirada dos ocupantes não indígenas, é uma das condicionantes governamentais do processo de licenciamento ambiental do empreendimento.

Uma mãe foi filmada maltratando a própria filha de 6 anos em Xinguara, no sul do Pará. Ela acabou perdendo a guarda da criança, que foi levada pelo Conselho Tutelar. Um inquérito foi instaurado pelo crime de tortura.

As imagens circulam nas redes sociais, mostrando a mulher batendo e sufocando a filha com um pedaço de pano. Em outro vídeo, a criança aparece de joelhos em cima de pedras, com um tijolo na cabeça.

Os dois vídeos foram gravados e divulgados por um vizinho e chegaram até a Polícia. A mulher foi intimada a comparecer na delegacia de Xinguara.

Ao delegado Max Müller, a mulher disse que estava educando a filha. A criança foi levada para um abrigo.

A Comissão dos Direitos Humanos, da Ordem de Advogados do Brasil (OAB), acompanha o caso e considera que houve abuso por parte da mãe.

O caso deve ser enviado ao fórum para análise da Justiça e, em seguida, ao Ministério Público do Pará (MPPA) que poderá oferecer denúncia ou pedir o arquivamento.

A mulher não foi encontrada em casa para dar entrevista nas duas vezes que a reportagem foi até o local para fazer contato. G1-PA

Um jovem foi assassinado no distrito de Nereu, que fica a 50km de São Félix do Xingu, região sudeste do Pará. Fábio Júnior Silva fazia parte da Pastoral da Juventude da cidade e seria estudante no curso de Letras, através do programa Pronera destinado aos filhos de assentados do Incra.

Segundo um Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB) que preferiu não se identificar, ele participou da celebração de uma missa no local no sábado (09), e em seguida iria para um jantar, o que não ocorreu. O seu corpo foi encontrado no último domingo (10) seguinte ao lado de uma moto. Ele e o veículo estavam carbonizados.

O Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB) informou o assassinato do jovema através de uma nota: “Hoje, o Xingu está mais triste. Mais uma vida jovem  foi tirada. Hoje no distrito de NEREU em São Félix do Xingu  foi assassinado o jovem Fábio Júnior Silva , da Pastoral da Juventude de São Félix do Xingu.  Nós que defendemos a Vida e lutam na prevenção contra o extermínio da juventude choramos a perda de mais um jovem. Pedimos vossas  orações e solidariedade  junto a familia , a PJ e a comunidade de São Felix do Xingu nesse momento de sofrimento, perda e injustiça cometida.🙏🏻😥🕯🙏🏻🌷”.

INVESTIGAÇÕES

A Polícia Civil informou que “não há condições de afirmar se foi um acidente ou homicídio”. O corpo já está no Instituto Médico Legal (IML) de Marabá para necropsia e reconhecimento.

Com informações do DOL Foto: Reprodução