Os indígenas de aldeias do sul do Pará se reuniram no Dsei, em Redenção, na tarde de quinta-feira (23) e decidiram por aceitar a nomeação do ex-vereador de Redenção, Lázaro Marinho, para diretor do Dsei, indicado pela deputada federal Júlia Marinho.

Parte dos índios não aceitava a indicação e queria que um índio fosse o novo diretor, e outra parte resolveu apoiar a indicação da deputada. (Otavio Araújo)

Oito tiros foram disparados contra as janelas do plenário na tentativa de intimidar os vereadores que devem aprovar CPI contra o prefeito afastado Artur Brito

As polícias Civil e Militar estão investigando quem são os autores do ataque ao prédio da Câmara Municipal de Tucuruí ocorrido nesta madrugada por volta das 4h30. Oito tiros foram disparados contra as janelas do plenário onde acontecerá a votação que decidirá hoje às 10h criar ou não a CPI que poderá cassar o prefeito Artur de Jesus Brito (PV), que está afastado do cargo por determinação da justiça.

O presidente interino da Câmara Municipal Rony Santos (PSC), falou que está claro que é uma tentativa de intimidar os vereadores e adiar a sessão extraordinária. O presidente diz que todas as medidas de segurança já foram tomadas para garantir a segurança dos parlamentares e da população que se aglomera em frente ao prédio do legislativo desde as 6h30 desta sexta-feira (24).

O presidente disse que apenas o vigia estava no local, mas não chegou a ver o incidente que foi no local oposto de onde ele estava no momento. “Estamos temerosos em tudo o que está acontecendo e ficamos preocupados com a integridade física de todos. A situação está complicada, mas confiamos que as autoridades policiais farão a segurança dentro e fora do prédio”, observa o vereador.

O presidente foi enfático em afirmar que apesar das ameaças, a sessão extraordinária vai acontecer às 10h. Ele explicou que os vereadores não vão cassar o prefeito hoje, desmentindo informações que estão sendo divulgadas na cidade, principalmente em aplicativos de mensagens.

Rony explica que hoje acontece a votação para a abertura ou não do processo que poderá cassar o mandato do prefeito afastado. “A matéria será votada conforme o regimento interno e os suplentes já estão confirmados e inteirados sobre as denúncias. São cinco dias úteis para formação da Comissão, mais cinco dias para a análise e investigação. Segue mais 10 dias para a defesa ampla do prefeito e todo o processo pode durar até 90 dias, conforme o regimento interno. Portanto, seguindo a lei, não vamos cassar o prefeito hoje, mas sim abrir o processo que poderá culminar na cassação dele”, explica.

O pedido foi feito pelo vereador Weber Galvão (PMDB), irmão do ex-prefeito assassinado Jones William. O documento expõe indícios da existência de interesse de Artur na morte de seu antecessor, assassinado em julho deste ano enquanto vistoriava uma obra na estrada de acesso ao aeroporto.

A mãe do prefeito, Josineide Brito, está presa temporariamente por suspeita de envolvimento no assassinato do prefeito anterior. Mais três pessoas foram presas durante a operação que investiga a morte do prefeito anterior.

Rony Santos (PSC), presidente interino da Câmara, falou que a população quer uma resposta da casa de Leis, mas lembrou que é preciso cumprir o Regimento Interno, e por isso a decisão foi adiada para a próxima sexta-feira. Ele explicou que foram convocados os suplentes dos vereadores Weber Galvão, o denunciante, e Lucas Brito, irmão do prefeito afastado Artur Brito e também citado na denúncia, já que os envolvidos não podem votar.

Denúncia

O pedido foi feito pelo vereador Weber Galvão (PMDB), irmão do ex-prefeito assassinado Jones William. O documento expõe indícios da existência de interesse de Artur na morte de seu antecessor, assassinado em julho deste ano enquanto vistoriava uma obra na estrada de acesso ao aeroporto.

A mãe do prefeito, Josineide Brito, está presa temporariamente por suspeita de envolvimento no assassinato do prefeito anterior. Mais três pessoas foram presas durante a operação que investiga a morte do prefeito anterior.(Por Denis Aragão lide News)

O Governo do Pará está investindo alto na conservação e pavimentação de estradas estaduais e construção de pontes. Mais de 50 milhões de reais serão utilizados para custear as novas obras por todo Estado entre as Cidades Beneficiadas está o trecho de Tucumã a São Félix do Xingu.

Cerca de 105 quilômetros extensão, no trecho compreendido entre o perímetro urbano do município de Tucumã a São Félix do Xingu passarão pelo trabalho de manutenção e recuperação. O governo do Pará autorizou o serviço de restauração e conservação do pavimento da rodovia. Essa obra que atenderão à população dos municípios, estimada em mais de 245 mil pessoas, além de beneficiar o escoamento da produção da região, voltada à indústria madeireira e à atividade agroindustrial, envolvendo a pecuária de corte, laticínios, processamento e beneficiamento de grãos, como a soja, o cacau e o arroz.

A CFA Construções, Terraplanagem e Pavimentação Ltda. será responsável pela pavimentação da rodovia PA-287, conhecida como rodovia Araguaia, com extensão de 4,78 quilômetros, no trecho urbano do município de Redenção, e pela conservação e restauração do pavimento da rodovia PA-279. (Tiago Araujo Com  informações Agência Pará)

A revolta dos indígenas Kaiapó chegou até a Tribuna da Câmara de Vereadores de Redenção, onde na sessão ordinária de ontem, quarta-feira (22), a índia OÉ Paiakan Kaipó, que atua como secretária executiva da Distrital Sanitária Especial Indígena (Desei), órgão  responsável pela administração da saúde indígena de 15 municípios da região sul do Pará, disse que a articulação feita por assessores da deputada Júlia Marinho, junto a cinco líderes da Aldeia Gorotire, com a finalidade de garantir a permanência de Lázaro Marinho na função de coordenador, pode provocar uma cisão na nação Kaiapó, fazendo com que os índios partam para um confronto.

De acordo com a indígena, o ex-vereador Lázaro Marinho conquistou o apoio de apenas cinco lideranças, mas 47 outros líderes das famílias não concordam com a indicação dele ao cargo. O grupo foi até a Casa de Leis solicitar apoio dos vereadores para que estes possam intervir junto à deputada e marcar uma audiência com a parlamentar, pois existe a informação de que um grupo de índios da Aldeia Gorotire, de Cumaru do Norte, está se preparando para se deslocar à Redenção “decidir a questão”, o pode causar um confronto com os índios que são contrários à nomeação.

‘’Nós viemos aqui solicitar o apoio desta casa no sentido de nos ajudar a evitar um conflito entre a família Kaiapó, pois não aceitamos a indicação da deputada Julia Marinho para administrar a nossa saúde. Uma coisa é certa. O Lázaro Marinho não vai sentar na cadeira de coordenador da DESEI’’, disse OÉ Paiakan.

Enquanto a filha do cacique Paiakan falava na tribuna, um grupo de caciques assistiam ao discurso na Plenária e concordavam com as palavras proferidas pela representante. O presidente da Casa de Leis, vereador Leonardo da Saúde, se comprometeu a tentar marcar uma reunião com a deputada e os líderes indígenas.

Desde do último dia 27 de outubro, quando foi publicada a nomeação de Lázaro Marinho para a coordenação da saúde indígena, os índios ocuparam o prédio da Desei e garantem que só saem se a deputada federal voltar atrás da decisão. (Dinho Santos)

O transporte aéreo de passageiros voltou a crescer em outubro, segundo o relatório Demanda e Oferta do Transporte Aéreo – Empresas Brasileiras, divulgado hoje (22) pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). O levantamento mostra que, em termos de passageiros/quilômetros pagos transportados (RPK) nos voos domésticos, o número chegou a 7,8 milhões, um aumento de 7,8% em relação ao mesmo mês do ano passado. Segundo a Anac, o número representa a oitava alta seguida este ano.

Na oferta de assentos/quilômetros ofertados (ASK), a agência informa que a expansão foi 2,5%. No acumulado dos dez primeiros meses do ano, a procura subiu 2,7% e a oferta cresceu 1%. Segundo o estudo da Anac, as empresas Gol e Latam lideram o mercado, com 35,9% e 33,3% de participação no RPK doméstico, respectivamente. A Azul vem em seguida com 16,7% e, logo depois, a Avianca, que registrou 13,6%

Os dados da agência mostram ainda que a taxa de aproveitamento de assentos dos aviões no mercado doméstico foi de 83,3% em outubro. Uma expansão de 5,2% na comparação com o mesmo mês de 2016. Segundo a Anac, esse é o terceiro aumento seguido e “o maior nível registrado para outubro na série histórica, iniciada em 2000”. O aproveitamento nos dez primeiros meses deste ano foi de 81,2%, com variação positiva de 1,7% em relação ao mesmo período de 2016.

Quem for viajar do sul do Pará para Belém, deve esperar o fim do bloqueio.

Membros do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) continuam na manhã desta quarta-feira (22) a interdição da BR-155, iniciada na manhã de terça-feira (21), próximo ao município de Marabá. Eles afirmam que deverão continuar o bloqueio na pista até quinta-feira (23), chegando à três dias de manifestação.

Os trabalhadores protestam contra a desapropriação da terra e o baixo investimento nos municípios da região. O bloqueio da via, nos dois sentidos, ocorreu por volta das 5h de terça. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) afirma que, após um dia de protesto, foram registrados casos de hostilidade entre caminhoneiros parados no bloqueio e os manifestantes.

Ainda de acordo com a PRF, os trabalhadores afirmam que a previsão sobre o fim do bloqueio poderá ser alterada caso haja nova determinação da liderança do MST. (Diário do Pará)

A Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas) abriu inscrições para o processo seletivo para funções temporárias de níveis fundamental, médio e superior. As inscrições poderão ser feitas gratuitamente, nos dias 23 e 24 de novembro, no site do Sistema Integrado de Processo Seletivo Simplificado (Sipros).

São oferecidas 38 vagas de ensino superior para técnicos em Gestão de Meio Ambiente (com formação em Ciências Biológicas, Engenharia Química, Engenharia Ambiental, Engenharia Florestal, Engenharia Sanitária, Engenharia de Minas, Geologia, Ciências Sociais e Meteorologia); técnico em Gestão de Agropecuária (Engenharia Agrônoma e Medicina Veterinária); técnico em Gestão em Infraestrutura (Engenharia Elétrica) e técnico em Comunicação Social. As 20 vagas de nível médio são para assistente administrativo e de informática, e as quatro de nível fundamental para motorista e auxiliar operacional.

A seleção será feita por meio de análise curricular e documental. Os candidatos às vagas de nível superior também deverão passar por uma entrevista. Os aprovados serão lotados nos municípios de Belém, Santarém, Altamira, Redenção, Marabá, Itaituba e Paragominas. O edital completo está disponível no site do Sipro.

As inscrições poderão ser feitas gratuitamente, nos dias 23 e 24 de novembro, no site do Sistema Integrado de Processo Seletivo Simplificado (Sipros).

A parceria entre o Governo do Estado e as Prefeituras de Redenção e Santa Maria das Barreiras, resultou em benefício para a população dos dois municípios, principalmente para os moradores que residem na área rural.

O Setran, realizou a recuperação da ponte que passa por sobre o rio Arraias, na divisa dos dois municípios.

A ponte que possui aproximadamente 80 metros de extensão, estava em péssimas condições de trafegabilidade, levando riscos de vida aos usuários. A passagem dos veículos, estava sendo feita por sobre uma ponte improvisada feita em um desvio que ameaçava ser levado pela água do rio que está subindo com chegada do período chuvoso. (Com informações de Dinho Santos)

A Agência Nacional do Petróleo divulgou que o Pará tem o segundo preço de gás de cozinha mais caro do país. Os municípios do estado que registraram preços mais elevados foram Redenção, sudeste do Pará, com valores em cerca de R$86 e Altamira, sudoeste do estado, onde é possível pagar até R$82. Em Belém, a média é de R$62.

Os dados são do mês de novembro. De acordo com o Sindicato de Empresas Revendedoras de Gás do Pará (Segarp), a justificativa é a alta carga tributária.

Para administrar um restaurante em Redenção, o microempresário José Roberto Ferreira chega a gastar até R$7 mil por mês com o gás. “Tem momento que dá vontade de desistir”, conta. (G1/PA)

Vereadores da Câmara Municipal de Tucuruí, sudeste paraense, devem votar nesta terça-feira (21) o pedido de cassação do prefeito Artur Brito (PV), que está afastado do cargo pela justiça desde o dia 13 deste mês. O requerimento aponta possível envolvimento do gestor na morte do ex-prefeito da cidade, Jones William, assassinado em julho deste ano no município. Ele também foi apontado em ação civil do Ministério Público do Pará (MPPA) por improbidade administrativa.

Esta é mais uma polêmica no mandato de Artur Brito, que assumiu o cargo em julho, após a execução de seu antecessor. Em outubro deste ano, a mãe de Artur, Josenilde Silva Brito, 53 anos, foi presa pelo envolvimento no assassinato de Jones . Josenilda foi presa com base nos artigos 121 (homicídio) e 288 (associação criminosa), e transferida a Belém. Ela negou participação no crime. Portal Orm News

Faleceu nesta segunda-feira (20) o ex-prefeito de Xinguara, Elviro Arantes que está sendo velado na cidade de Morrinhos no estado do Goiás.

Elviro foi eleito pelo PMDB e administrou Xinguara no período de 1993 a 1996, na época foi um dos grandes incentivadores para a instalação dos frigoríficos na cidade, ajudando no desenvolvimento econômico do município. Também foi um dos fundadores e o primeiro presidente do Sindicato Rural de Xinguara (SRX), sendo ainda gerente da Fazenda Rio Vermelho na década de 70.

O presidente do SRX, Joel Lobato, lamentou a morte e falou da importante contribuição deixada pelo ex-prefeito ao desenvolvimento do agronegócio na região. “É com tristeza que recebemos a notícia, Elviro nos deixa um grande legado. Pois lutou com afinco para instalação dos Frigoríficos em Xinguara” disse Lobato.

Aos 85 anos, o ex-prefeito faleceu por complicações de saúde, segundo familiares ele havia sofrido um acidente doméstico a uma semana e estava internado em Goiânia-GO para uma cirurgia.

O prefeito de Xinguara, Osvaldinho Assunção (PSDB) que declarou luto de três dias na cidade e o vice-prefeito Raimundo Mototáxi (PSC) lamentaram a morte de Elviro através de uma Nota de Pesar publicada pela Prefeitura Municipal. Segundo a nota o ex-prefeito teve um papel de destaque em Xinguara, deixando um legado de importantes edificações que ajudaram no crescimento da cidade, contribuindo entre muitas outras ações para a instalação de frigoríficos no município.

Amigos de Elviro Arantes, como o jornalista João Carlos Rodrigues, do Blog do João Carlos, também lamentaram a perda do político. “Se ainda existir gratidão neste mundo, se há uma pessoa a quem Xinguara deve muito pela pujança da sua economia hoje é ao Elviro Arantes, um dos principais responsáveis por trazer para o município dois grandes frigoríficos que geram empregos e riquezas para a cidade”, disse.

Íntegra Nota Pesar da Prefeitura de Xinguara

A Prefeitura Municipal de Xinguara lamenta a perda nesta segunda-feira (20) de um grande cidadão, Elviro Farias Arantes que foi prefeito da nossa cidade e governou entre 1993 a 1996.

Elviro foi eleito pelo PMDB, o ex-prefeito teve um papel de destaque em Xinguara, deixando um legado de importantes edificações que ajudaram no crescimento da nossa cidade, contribuindo entre muitas outras ações para a instalação de frigoríficos no município, além de ter sido um dos fundadores do Sindicato Rural de Xinguara.
Nesse momento de imensa dor, o prefeito Osvaldinho Assunção, e o vice-prefeito, Raimundo Mototáxi, lamentam profundamente sua partida e deixam suas condolências à família, desejando que Deus possa dar o conforto e a força necessária nessa ocasião.

Pelo ocorrido e em respeito ao ex-prefeito, o prefeito Osvaldinho Assunção decretou luto oficial de três dias no âmbito municipal.

Aos 85 anos, Elviro, nos deixa, mas viverá na memória dos xinguarenses, esposa, filhos e amigos. O corpo do ex-prefeito será velado em Morrinho no estado do Goiás. (Por /Conexão Pará(

O concurso 1.989 da Mega-Sena, sorteado neste sábado (18), acumulou, pois ninguém acertou as seis dezenas. Para o próximo sorteio, o prêmio está estimado em R$ 50 milhões. Confira as dezenas sorteadas: 15-22-30-32-40-58.

Entre os apostadores, 47 acertaram os cinco números da quina e levaram R$ 56.106,95 cada. Já a Quadra, que se se refere a quatro acertos, teve 3.280 apostas ganhadoras, que receberão R$ 1.148,53 cada.

Os prêmios inferiores a R$ 1.332,78 (valor bruto de R$ 1.903,98) são pagos em qualquer lotérica ou agência da Caixa. Acima desse valor, apenas as agências bancárias fazem o pagamento, sendo que quantidades iguais ou superiores a R$ 10 mil são pagas após dois dias da solicitação.