A Missão Kayapó conta com uma equipe de mais de 60 pessoas e tem o apoio da Funai. Foto: Ministério da Defesa

No contexto da Operação Covid-19, os ministérios da Defesa e da Saúde deflagraram uma ação conjunta, a “Missão Kayapó”. Mais de 60 profissionais na área de Saúde foram mobilizados para realizar o atendimento aos indígenas.

Os profissionais são da área de: pediatria, ginecologia e obstetrícia, clínicos geral, médicos veterinários, enfermeiros e técnicos de enfermagem, de laboratório e de veterinária. A expectativa é beneficiar mais de seis mil indígenas de seis aldeias, no sul do Pará.

As ações de apoio são no Polo Base de Ourilândia do Norte. Na terça-feira (17), seguiram profissionais de Saúde, equipamentos de proteção individual (EPI), materiais, medicamentos, vacinas e testes para detectar o coronavírus.

Marinha, Exército e Força aérea Brasileira (FAB) vão executar as ações no período de 17 a 24 de novembro. Mais de três toneladas de insumos foram encaminhadas à região em uma aeronave da Força Aérea Brasileira (FAB). (G1/PA)