O Bolsonaro e o Mandetta estão indo muito bem, os dois estão preocupados com o Brasil, um está dando mais ênfase para saúde e outro para economia, é normal. Não é momento de discórdia, os dois estão certos, precisamos achar um ponto de equilíbrio.