O encerramento da primeira etapa da campanha de vacinação contra a febre aftosa foi prorrogado no Pará. O novo calendário foi publicado nesta quarta-feira (24), pela Agência de Defesa Agropecuária do Estado.

A campanha, que deveria ter encerrado no último dia 20, foi estendida até o dia 30 de junho. Por causa da pandemia do novo coronavírus, muitos produtores rurais não conseguiram adquirir as vacinas.

A notificação de imunização, obrigatória, poderá ser feita até o dia 15 de julho. Bovinos e bubalinos devem ser vacinados em todos os municípios paraenses, exceto o arquipélago do Marajó.

A não vacinação pode resultar em punições que vão de autos de infração ao bloqueio da propriedade até que a pendência seja resolvida. (G1/PA)