Um homem de 43 anos morreu depois de passar mal em um chácara na tarde deste sábado (20), na zona rural de Araguaína no Norte do Tocantins.

O caso aconteceu em uma propriedade à cerca de 20km da cidade. Segundo informações preliminares, a vítima identificada como, Gilmar Pessoa Farias, estava há dois dias na chácara de amigos e nesta tarde depois de acordar de um cochilo, comeu uma melancia e foi tomar banho no córrego que passa pelo local, onde também estava tomando cachaça.

Pouco depois de entrar na água, Gilmar começou a passar mal ficando pálido, sem reação e desmaiando logo em seguida. Ele foi retirado da água, levado para dentro da casa e o dono da chácara tentou reanimar o amigo com massagem cardíaca mas ele não reagiu.

Sem acesso à rede de telefonia na região, um dos amigos teve que ir até a cidade para conseguir chamar o socorro. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e a Polícia Militar, foram até a chácara mas Gilmar já estava morto.

O dono da chácara, disse à nossa reportagem que a vítima trabalhava em serviços de manutenção de chácaras e fazendas.

A perícia também foi acionada e após os procedimentos o corpo foi levado para o Instituto Médico Legal (IML). A causa da morte só deve ser confirmada após exames de necrópsia.

(Fonte : Portal O Norte)