Nos grupos bolsonaristas, a palavra de ordem para o foda-se de 15 de março foi dada por Bia Kicis, o peculiar caso de deputada federal que organiza manifestação contra o Congresso Nacional que não é manifestação contra o Congresso Nacional.

“Tem de bombar”, ecoam todos.