(Reuters/Bruno Kelly/Agência Brasil)

O diretor-executivo do programa de emergências da OMS, Michael Ryan, disse hoje que, apesar de haver alguns “sinais de estabilização”, a epidemia de Covid-19 no Brasil ainda é muito grave.

“Os dados caminham para alguns sinais de estabilização, mas a doença pode voltar a crescer, como já vimos em outros países. A hora é de reforçar as medidas de isolamento social, de higiene, evitar aglomerações e dar especial atenção às minorias e às comunidades mais pobres”, afirmou Ryan.

“A epidemia ainda é severa no Brasil. Os profissionais de saúde estão trabalhando sob forte pressão para lidar com o número de casos que atendem diariamente. […] Mas certamente o aumento [de casos] não é tão exponencial como era anteriormente. Existem alguns sinais de que a situação está se estabilizando.”